quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Ércio Quaresma é usuário de crack I

O crack não tem classe social, o defensor do ex-goleiro do Flamengo Bruno foi flagrado fumando a pedra no bairro Castro Alves, região Noroeste de BH, as imagens mostram o Advogado compartilhando o cachimbo com outros usuários.

video

Ércio Quaresma preferiu falar do problema antes da divulgação do vídeo, expondo no final de semana o seu problema com drogas, disse que usa desde os quinze anos, no inicio era maconha e começou a usar crack em 2003, ficou 4 anos afastado das drogas, mas numa recaída voltou a consumir.

O crack é uma droga infernal, o Brasil tem que eliminar esta maldição, a mesma está acabando com a sociedade, desde crianças, jovens, país de famílias e profissionais bem sucedidos, o Governo tem que acabar com o crack.

O crack esta se disseminando rapidamente no Brasil, e o Rio Grande do Sul é um dos lugares onde a droga esta mais enraizada, em Caxias do Sul foi o inicio do estopim no Estado, é só prestarmos atenção nas ruas que veremos vários "doentes" de algo que não tem cura.

Entre 1984 e 1990, o crack tomou conta de Nova York, existiam 12 mil pontos de vendas da droga e a criminalidade era 4 vezes maior que a atual, começando a melhorar quando as autoridades começaram a tratar a droga como uma epidemia.

Nova York não só aumentou o número de viciados tratados, como aumentou a força policial e reforçou as leis antidrogas com penas mais rigorosas para traficantes, este é o passo a ser seguido pelo Brasil, senão o caos vai tomar conta das ruas, temos que tratar o crack como um vírus muito contagioso.

Senhor Sartori, Senhor Tarso e Senhora Dilma, por favor, vamos tratar com seriedade o crack, ele esta se enraizando, está destruindo famílias e carreiras, esta matando pessoas, esta dizimando mentes brilhantes, vamos atuar na eliminação desta droga maldita, por favor.................

Gostaria de parabenizar o Grupo RBS pela campanha Crack, Nem pensar, pois a emissora esta fazendo o papel que os nossos representantes deveriam fazer, ou seja, informar o mal que esta droga dos infernos faz na vida das pessoas.



Peço, suplico, imploro para que nossos representantes prestem atenção no que esta acontecendo, pois tudo que esta ruim pode piorar, o crack esta livre, leve e solto, ninguém é punido, poucos são presos e a população não se alarma, pois não acontece dentro de suas residências.

O crack esta diretamente ligado com a violência, assaltos e outros delitos, a Brigada Militar tem que atuar mais severamente junto aos traficantes, usar a força, tem que coibir o uso, eliminar completamente estes delinquentes que só pensam no seu bolso.

Novamente fui visitar parentes num bairro humilde em Caxias do Sul, vi no mínimo uns 4 usuários da droga infernal, todos perambulando pelas ruas, mexendo nas lixeiras ou prestando atenção em algo que podem levar e vender para comprar crack.

Eu já tive parente que usou o crack, foi terrível mas esta bem, quando fui carimbar o meu certificado de Reservista do Exército tinha um rapaz que prestou serviço militar comigo que usava também a droga infernal, não sei a sua situação atual, um parente um pouco distante de minha esposa também, era usuário e tentou o suícidio, um vizinho deste meu parente se enforcou devido ao crack.

Sinto muita pena destas pessoas, mas sinto muito mais pela falta de interesse para a resolução deste problema, será que o combate ao crack não dá votos ?? Será que o problema será resolvido somente quando um filho dos políticos começar a usar ?? Os políticos e a polução estão cegos.

Um comentário:

  1. Os órgáos públicos tem obrigacáo de fazer sua parte para combater este mal.
    Atts Lisette.

    ResponderExcluir