sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Cadeirinhas Infantis II

É este tipo de coisa que me indigno, ontem falei sobre as cadeirinhas infantis, hoje li no Pioneiro que as crianças de 4 a 7 anos e meio não precisam usar o assento de elevação caso o veículo tenha cinto de segurança abdominal no banco traseiro, a obrigatoriedade fica somente para os que tenham cinto de três pontos, e o Contran vai mudar as regras que mal entraram em vigor. Como disse no Post de ontem " Mas acho que antes dos Políticos ficarem criando Leis onde existem inúmeras brechas, teriam que discutir os assuntos mais profundamente". Porque estes políticos não estudaram o assunto ?? E quem já comprou ?? Vai ter seu dinheiro de volta ?? Como disse fico profundamente indignado com isso, "Leis Burras".

6 comentários:

  1. ..tá difícil... tá DIFÍCIL! Mas espera; Espera que eles muradão ainda mais. Foi assim com os extintores de incêndio de gás ultra-mega-turbo, foi assim com os kits de primeiros-socorros, etc.

    J.Cataclism

    ResponderExcluir
  2. John e J.

    Concordo totalmente com as colocações de vocês sobre a falta de panejamento.

    Agora, falando da cadeirinha.

    Eu tenho um filho de 2 anos e meio e um de 6 anos. Eu SEMPRE tive as duas cadeirinhas, não por ser lei ou ser obrigatorio, mas porque oferecem SEGURANÇA ao que tenho de mais valioso no mundo, meus filhos.

    O problema do brasileiro é isso, só fazem as coisas porque a lei manda, porque da multa, não pensam na segurança. Depois ficam chorando.

    Quero lembrar um caso emblematico, lembram que em um "tornado" em Antonio Prado que morreu uma criança que tinha um irmão gemeo? Lembram o que aconteceu com o gemeo que não faleceu no temporal???
    Ele faleceu em um acidente na Estrada do Mar porque estava sem cadeirinha e cinto dormindo no banco de traz. Tá certo que a culpa foi do bebado do outro veiculo, mas se o piá estivesse no acento de elevação provavelmente não teria falecido.

    Isso ai é pra mostrar a importancia deste equipamento. Caras, eu nem cogito a possibilidade de sair da garagem sem meus piás devidamente presos.

    Se o cidadão tem um auto, por mais velho que seja, e tem um filho, ele tem o DEVER de comprar uma destas cadeirinhas, com lei ou sem lei. Vai na colombo e faz em 10 vezes de 10 reais por mes, pq a mais simples (e ainda eficiente) esta em media 95,00.

    Quanto as situações não corriqueiras, é isso ai mesmo, são esporadicas, não são rotineiras, como o churras que tu mencionou John. Neste caso não é teu dia a dia... Entende? Claro que o acidente pode acontecer neste momento, assim como pode acontecer no taxi, no onibus e etc. O que não pode é no auto de um PAI DE FAMILIA com filhos pequenos este equipamento faltar.

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Olá, meu caro.
    Obrigado pelo comentário no meu blog.
    E parabéns pelas reflexões, críticas e ideias sobre nossa cidade e nação. E sempre importante usar a cabeça de verdade.
    Continue assim. Ficarei de olho no seu blog.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. "Se o cidadão tem um auto, por mais velho que seja, e tem um filho, ele tem o DEVER de comprar uma destas cadeirinhas,"

    Legal, legal mesmo ter o ponto de vista de verdadeiros USUÁRIOS. O que, no caso das cadeirinhas, nem de longe seria meu caso hehehe.

    Filho exige uma vida toda nova em casa e, se partirmos desse pensamento, as cais cadeirinhas ou similares realmente nada mais são do que uma questão obrigatória de bom senso. E aí vem as Leis.

    J.Cataclism
    Cacía do Sul.

    ResponderExcluir
  5. Pois é J.

    Berço, cadeirote, banheirinha... a lista e longa, e cadeirinha para o carro é item basico. É mais barata que um cadeirote e um berço...

    Abs!!!

    ResponderExcluir
  6. Só para o caso de prestar para algo, esse mês a "cadeirinha" para a piazada tá por noventa pila na Taqi (Herval). Se não me engano, estava em promoção também na Quadrinhos Baby, lá n´Os 18 do Forte

    J.Cataclism

    ResponderExcluir