quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Bolsa Família - Sugestão

Bolsa Família, muitos são a favor e outros contra, eu sou a favor, porém não da maneira que é atualmente, deveria ser oferecido este auxilio para a população mais desfavorecida da sociedade brasileira, o valor deveria ser de 01 sálario mínimo, mas ai que vem a questão social, quem é auxiliado pela Bolsa Família deveria receber cursos profissionalizantes do Governos Federal, mas teria que ser obrigatório e não como é hoje em dia, ou seja, opcional, pois os beneficiados tem medo de perder o Bolsa Família, mas tem que ser obrigatório mesmo, quem não quiser não recebe auxilio algum. Após a conclusão do curso o beneficiado deve ter um tempo para conseguir uma vaga de trabalho e parar de receber, deveria ser assim, se não quiser fazer o curso perde, se não quiser trabalhar perde, e se ficar desempregado ganha seguro desemprego, é para isso que existe o FGTAS no caso do Rio Grande do Sul. Se o beneficiado é um agricultor humilde que produza para se sustentar, ensina-lhe a produzir mais para vender, se é um ribeirinho do Amazonas, que o Governo incentive empresas ambientalmente corretas nessas regiões ou ensine-os a viver da floresta e gerar lucro nela, como os índios viveram por lá tanto tempo ?? Se for no Nordeste onde a mãe tem 500 filhos, que o Governo faça creches, dê uma profissão, ligadura e vasectomia obrigatória para estas mulheres e homens. Se continuar assim, o Brasil não vai para frente, não discordo do Bolsa Família, só acho que deveria incentivar as pessoas a se profissionalizar e estudar, e não destas viverem as nossas custas a vida inteira.

2 comentários:

  1. John

    Concordo totalmente com tuas colocações. Cara, manda um mail para a dilma e o serra sugerindo isso ai...

    Este modelo sim que é ajuda, não assistencialismo barato...

    A unica, UNICA, coisa boa neste modelo é a ativação da economia, porque com dinhairo na mão das pessoas, circulando, a economia é ativada... Porque esse dinheiro é gasto de alguma maneira, então ele volta para a roda vida da economia... Nem que sejam para as fabricas de cachaça, mas estas também geram emprego.

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Assino embaixo.

    JCataclism

    ResponderExcluir